Pular para o conteúdo principal

Postagens

Ainda não pensei em um título para este post. E talvez até deixe-o sem título, se não surgir nenhuma ideia interessante até o final desta escrita. Então, vamos falar do imóvel anterior, que está agora para alugar?
A localização do apartamento não é das piores, fica próximo à avenida, perto de tudo que se possa imaginar. Tipo, coisa de 10 minutos de distância de carro do shopping. E no caminho, farmácia, supermercado e até faculdade próximas. Agora, sua distância do centro da cidade é razoável, uns 30 minutos por baixo. 
Sobre o tamanho dele, é bem pequeno, somente 44 metros quadrados. Na realidade, para quem vive sozinho, é suficiente. Mas, se colocar umas 2 pessoas a mais na conta, aí não fecha não.
Por conta disso fui obrigado a fazer uma manobra para pegar um aluguel mais decente, deixei o apartamento semi mobiliado. A cozinha, por exemplo, está toda lá. Eu não tinha como aproveitar os armários e eles estão como novos (a maravilha de planejar os móveis). E quando falo em cozinha, …
Postagens recentes

E eu achando que iria vender o carro fácil...

É amigos, deixei meu carango  20 dias em uma revendora de veículos, achando que iria pegar uma oferta boa e vender rápido. Ledo engano. Tive somente uma oferta decente porém R$ 2000 abaixo do valor que achava justo pro veículo.
Resolvi retirar o automóvel então e anunciar por conta própria. A parte boa disso é que poderia continuar usando o veículo, ao invés de gastar dinheiro com Uber. 
Já são duas semanas anunciadas e novamente, somente uma oferta decente, e pior, R$ 3000 abaixo do valor justo (no meu ponto de vista).
Nessa hora caiu a ficha de que o mercado não está fácil. A economia continua engatinhando e aqui estamos, tentando sobreviver nesse mar de tubarões. Eu teria a impressão que venderia em um preço bom, afinal, um modelo novo do meu automóvel custa, pelo menos, uns R$65000.
E criei um bloqueio em vendê-lo por um valor tão baixo. Um carro que nunca me deu problemas, confortável e, ainda, com 3 anos de garantia. Um pouco rodado, confesso, ele é 15/15 com 40k km rodados. Al…

Estou em débito com vocês, amigos!

Verdade, acho que são 4 meses sem postar. Nem eu lembro qual foi meu último post ahah. O início do ano foi de muitas mudanças, uma delas foi crucial, me desfazer da carteira para quitar a dívida do imóvel em que vivia.
Até hoje fico imaginando o trabalho que terei para refazê-la, e sinceramente, não sei se irei fazer ela nos moldes anteriores. Andei estudando um pouco sobre investimentos em índices e talvez, essa é uma decisão preliminar, talvez, eu ingresse em índices mesmo. Não ando com saco para analisar FIIs e, muito menos saco ainda, para ações.
Enfim, amigos da finansfera, ano de muitas mudanças. Novidades, mudamos do nosso imóvel antigo para um maior, mais próximo do serviço e da casa de nossos pais. Foi uma decisão que envolveu mais o coração que a razão, afinal de contas, eu mesmo já condenei a ideia de entrar em outro financiamento.
Porém, amigos, estou muito feliz com o novo apartamento! Mais espaço, uma ampla área de lazer, enfim, tudo que o imóvel antigo não possuía! E s…

Receitas x Despesas - Dezembro/17

Entramos em mais um novo ano e um novo ciclo de promessas e objetivos são feitos e revisados. Todo final de ano é a mesma coisa comigo, percebo que relaxei na academia, começo a fazer dieta JUSTAMENTE no dia da ceia de Natal e sigo me arrependendo por estar mais rechonchudo. 
Já gostei bastante de academia mas hoje em dia ando sem saco para me matricular em uma. Como forma de contornar esta situação, baixei o app Madbarz (olha o jabá) e estou me exercitando em casa mesmo. Quando necessário, faço uma corridinha pela praia. Enfim, é melhor do que ficar parado.
Gostaria de pedir desculpas aos colegas dos blogs. Ando bem ausente, sendo honesto, não quero pensar muito sobre dinheiro e investimentos. Estive bastante focado no ano passado (tipo, ontem rss), esse ano quero ficar mais relaxado em relação a isso. Não quero ficar buscando oportunidades e olhando carteira e rentabilidade todos os dias. Estou fazendo uma carteira mais tranquila e sem muitas surpresas.
Porém, a frugalidade continu…

Não vai ter post de carteira, não!

Isso aê e sabe por que não vai ter post? Porque liquidei todas minhas posições de renda variável. E já vou pedindo desculpas mas este será mais um post sobre imóveis. É o que anda rolando atualmente na minha vida, então, paciência :)
Posições liquidadas, patrimônio financeiro alocado todo na poupança e comecei a gerar boletos de quitação do apê. Não consegui resistir, já passou da hora deste imóvel vir pro meu nome.
Como meu limite de pagamento diário é de somente R$ 6000,00. Tive que gerar alguns boletos no decorrer da semana passada. Todo dia um boletinho. E a recompensa era olhar o saldo devedor diminuir no dia seguinte no app da CEF.
Durante a realização desses pagamentos,  aproveitei para ver outro apartamento com a patroa. Ela adorou, 10 metros quadrados a mais que nosso atual, varanda, elevador, piscina, academia. Enfim, um condomínio organizado, bem diferente da zona/cortiço em que vivo. 
Eu também gostei mas o que me chamou a atenção mesmo foi o preço, o dono queria 40 mil a…

A velha dúvida de alugar ou comprar um imóvel

Eu não sei se é um comportamento típico de brasileiro ou se a maioria das pessoas tendem a ser assim, ou ainda, se é culpa desse monte de filmes e séries norte-americanas em que a família possui uma casa gigantesca e uma hipoteca MAIS gigante ainda (nas séries não aparecem as dívidas, obviamente). Enfim, eu só queria entender por que a grande maioria das pessoas considera a ideia de alugar um imóvel, uma ideia "ruim"?

Conversando sobre nosso próximo imóvel com a Sra. Frugal, a mesma tinha aprovado a ideia de alugar nosso próximo imóvel e pagar o mesmo com nossa renda passiva, que no caso seria, a renda advinda do patrimônio financeiro mais a renda do aluguel do apartamento atual.
E na boa, modéstia a parte, que ideia genial, puta que o pariu! Dar um upgrade na vida sem precisar torrar o dinheirinho acumulado? Como isso não pode ser bom?
Só de pensar em viver um tempo sem se preocupar com financiamento de banco, sem pensar em imobiliar um apartamento novo, sem pensar em zera…

Receitas x Despesas - Novembro/17

Queridos leitores e colegas de Finansfera, chegamos ao final de mais um mês. Este foi um mês bem atípico, vendi alguns eletrônicos, amortizei um percentual bom do meu salário e gastei bem menos nas saídas com a patroa. Então, sigam com a leitura que hoje temos novidade.
A Receita, como de costume, é adquirida através dos salários, da renda passiva dos FIIs/ações, do investimento do salário e de algumas vendas que fiz neste mês. Falando nas vendas, me desfiz de alguns eletrônicos para comprar um console novo. Já sigo este padrão há alguns anos. Desta forma, não preciso me descapitalizar para adquirir algo novinho em folha.
Gostaria de abrir um parênteses e falar sobre o investimento do salário. Atualmente, utilizo um fundo referenciado DI (do meu bancão mesmo), já que o dinheiro fica investido em torno de 27 a 29 dias. Neste mês, tive um rendimento líquido de exatos R$ 14,05. Caso você não saiba, acumulo todas minhas compras do mês no cartão de crédito. Enquanto isso, o salário fica i…