Pular para o conteúdo principal

Postagens

Enfim, vendemos um carro

Postagens recentes

Buscando mais qualidade de vida

Trabalhar na área de saúde é massante. Na realidade, lidar com saúde pública no Brasil é bem complicado. É nadar contra a correnteza praticamente todos os dias. Basta verificar os tele-jornais, diariamente tem alguma merda acontecendo. Tem aqueles dias em que faltam insumos, em outros dias nos deparamos com a falta de estrutura digna para desempenhar nossas atividades e tem aqueles dias em que o que falta mesmo é noção e um pouco de vergonha na cara dos funcionários públicos.
Porém, vamos deixar para esculhambar o SUS em outra ocasião. Bora falar um pouquinho sobre qualidade de vida? 
Não sou nenhum novato na minha área. Já são quase 13 anos de formação acadêmica. E desses longos anos, pelo menos, 7 anos de plantões noturnos. São 7 anos de noites de sono perdidas e de jornada dupla de trabalho... E como não tenho mais meus 23 anos, estou começando a sentir no meu corpo o peso disso tudo.
Já é comum sentir um pouco de enxaqueca no dia seguinte aos plantões. Afinal de contas, no dia se…

Viver bem faz muito bem

Eu não tinha a mínima ideia do impacto positivo que mudar de residência teria em minha vida. Viver bem faz uma grande diferença na qualidade de vida. Quando falo em "viver bem" não digo viver com o máximo de conforto mas, sim, com o mínimo para que você se sinta feliz.
Encontrar esta medida depende de cada um. Hoje em dia eu fico extremamente feliz em receber a família em casa. Consigo receber uns 8 parentes de forma tranquila. Coisa praticamente impossível no apartamento de 44 metros quadrados em que residia. 
Tínhamos um espaço tão reduzido que era necessário uma escala para receber visitas. E isso me frustava ao extremo. Existiam também outros problemas pontuais mas deixarei para explorar em outro post.
Após a mudança, o choque de realidade foi absurdo. Hoje, basta pegar um elevador para estar na academia. Só aí eu ganho, pelo menos, meia-hora a mais no dia, que seria o tempo do trajeto de ida e volta.
E se eu precisar me deslocar ao supermercado? Em cinco minutos estou …

Mais um dia após o outro

Me peguei nessas últimas semanas escrevendo diversos textos pessimistas. Textos tão pesados que nem tive coragem de postar.
A pauta de um deles era a insatisfação com os empregos. Assumindo responsabilidades que não são minhas. Tentando apagar incêndios que não são meus. Descascando um abacaxi diferente todo santo dia.
Resolvi então não me estressar mais. Telefone toca, estou ocupado? Não atendo. Me chamam para resolver um problema  e não é minha responsabilidade? Desculpe mas não tenho como resolver, procure o verdadeiro responsável. 
Sim, os dias ficaram melhores. Tão bons que fiquei até mais mão aberta nesse final de mês. Estamos concluindo as mobílias do apartamento e está ficando tudo do jeito que queríamos. 
Minha esposa fica morta de feliz em ver o apartamento tomando forma. E eu fico contente por vê - la assim. 
Hoje chamei meus pais para jantar conosco e foi sensacional. Comemos umas pizzas, conversamos bastante, olharam a cara nova do apê e terminamos a noite falando sobre …

Um minuto de silêncio.

Como começar? Não o conheço porém lia quase diariamente seu diário rumo à independência financeira. A leitura era tão prazerosa que já aguardava ansioso a próxima postagem.
Mesmo nas vezes em que os posts pareciam repetitivos, ele sabia como pincelar as novidades e transformar a mesmice em algo totalmente novo.
E agora, lendo textos de tantas pessoas comovidas, tenho plena certeza que o objetivo do Viver de Construção era muito maior do que simplesmente acumular dinheiro. 
Ele conquistou verdadeiros amigos, pessoas que torciam pelo seu sucesso e que estavam felizes em saber que ele havia conquistado o objetivo que tanto almejava.
Sua família foi tão honrosa que a própria esposa comunicou o falecimento no seu blog.  Algo que pegou a todos de surpresa. Eu mesmo tentei não acreditar, na minha cabeça, só poderia ser algum hater com a senha do site roubada.
Mas não era. Era tudo verdade mesmo. Eu estava em uma reunião com a família e amigos quando li a notícia. E fiquei estático por longo…